TROMBOSES

Conceito:

Trombose é a formação de um coagulo de sangue.
A trombose pode ocorrer em uma veia superficial (aquelas que vemos a olho nu), abaixo da pele. Nessa localização é chamada de trombose superficial ou tromboflebite ou flebite.
Quando o trombo se forma em veias profundas denomina-se a trombose venosa profunda ou TVP.
Em qualquer localização, a formação do trombo acarreta em uma inflamação na veia, podendo levar a obstrução parcial ou total.

Causas:
Para que ocorra a formação de um trombo é necessário que aconteça ao menos uma destas alterações descritas por Virchow em 1860:

1 - EstaseDiminuição da velocidade do sangue dentro da veia. Permanecer sentado por muito tempo (viagens de avião ou automóvel), pacientes acamados, cirurgias prolongadas (principalmente as ortopédicas), gesso nas pernas, obesidade, etc.

2 – Alterações ou agressões na parede da veia VARIZES, introdução de agulhas, cateterismo.

3 – Alterações na Coagulaçãogravidez; nas cinco primeiras semanas do pós-parto; uso de anticoncepcionais; terapia hormonal; tumores; trombofilia (deficiência congênita ou adquirida nos fatores da coagulação), etc.

Diagnóstico:
Clínico ao exame Físico.
O Doppler ultrassom pode ser um instrumento útil no auxílio diagnóstico.
Raramente necessitamos da tomografia ou Ressonância magnética.

Riscos:
A trombose superficial raramente provoca sérias complicações; exceção à safena.
Por outro lado, na trombose venosa profunda (T.V.P), o risco de complicações é grande e pode ser grave!
A mais temida é a embolia pulmonar. Estima-se 400.000 óbitos/ano nos EUA.

Tratamento:
Anticoagulantes por um período mínimo de três a seis meses, meias elásticas e principalmente identificar a causa da trombose.