Vascular News

Doença da artéria carótida pode ser risco de morte

As carótidas são artérias que passam pelo pescoço, cérebro e face e irrigam o cérebro e a face com sangue rico em oxigênio.

As carótidas têm o formato da letra Y. Uma parte dela fica no pescoço e na altura do queixo se divide em duas. Um dos ramos vai para a face e o outro vai para o cérebro.


A que vai para a face é chamada de carótida externa e a que vai para o cérebro recebe o nome de carótida interna.


A carótida mais importante é a que vai para o cérebro. Uma obstrução parcial ou total desta artéria pode causar derrame cerebral, também conhecido como AVC.


Carótida e sua relação com o AVC

O AVC (Acidente Vascular Cerebral), ocorre em função da presença de placas de ateroma, ou seja, de gordura, na carótida. Isso causa a obstrução progressiva nesta artéria. Essa gordura no interior da artéria carótida pode determinar e a embolia de coágulos, ou pedaços de placa, que "viajam" da carótida até as artérias do cérebro.


A obstrução das carótidas é responsável por 30 a 40% dos derrames cerebrais. As causas mais frequentes são:

  • níveis elevados de colesterol e triglicérides

  • diabetes

  • tabagismo

  • hipertensão arterial

  • hereditariedade

  • estresse

  • idade acima de 50 anos

Sintomas da doença da artéria carótida

Os sintomas mais comuns e principais de problemas como a obstrução da carótida são:

  • formigamento na face

  • tonturas

  • perda da visão por alguns segundos com recuperação

  • dificuldade para falar

  • ligeiro cansaço

  • lábios escurecidos, tortos ou com paralisia

Como é feito o diagnóstico de doença da carótida

O diagnóstico pode ser realizado no consultório, por meio de exame físico, com o suporte de exames de imagem como doppler, que é um ultrassom simples do pescoço e destas artérias e, se necessário, ressonância magnética ou tomografia computadorizada.


Mas fique atento e preste bastante atenção: os riscos de AVC em obstruções de carótidas acima de 60% são:

  • Sem sintomas:

  • Primeiro ano: risco de 5 a 8%

  • Depois do primeiro sintoma:

  • Após um ano: Risco de AVC 15%

  • Após 5 anos: Risco de AVC 40%

Sintomas e ausência de sintomas

É muito importante classificar os pacientes entre aqueles que têm sintomas e aqueles que possuem a doença, mas não tem sintomas.


O tratamento pode ser clínico em lesões menores que 60% sem sintomas. A mesma coisa em pacientes acima de 80 anos de idade e em assintomáticos, ou seja, sem sintoma algum.


Se o paciente tem sintomas ou tiver perda de visão temporária, tonturas, formigamento na face, perda de consciência por alguns minutos, desmaios ou males súbitos, em decorrência desta doença da carótida, o tratamento deve ser cirúrgico ou realizado por meio de stents.


Mudar o estilo de vida pode retardar a progressão da aterosclerose - o entupimento da artéria. As recomendações são:

  • parar de fumar

  • perder peso

  • comer alimentos saudáveis

  • reduzir sal

  • exercitar-se regularmente

O que são stents?

O stent é uma endoprótese inserida na artéria para recuperar o fluxo sanguíneo no caso de obstrução. Esses aparelhos são introduzidos por meio de um simples procedimento de cateterismo, realizado pela virilha, cuja alta é dada após dois dias.


Nas mulheres, em função de terem a artéria menor e menos calibrosas, a atenção e os critérios de avaliação e tratamento devem ser mais rígidos. Porém, em todos os casos, a meta é prevenir o derrame cerebral sempre.


Se você apresenta algum dos sintomas descritos, um simples exame de ultrassom do pescoço pode ser uma excelente alternativa para tirar a dúvida ou dar início ao tratamento adequado.


A melhor opção para isso é buscar um cirurgião vascular especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular para a sua orientação e curso de tratamento, afinal, sua vida é um bem muito importante.

Home

Clínicas

Unidade Itapeva

Rua Itapeva 240 - Bela Vista

São Paulo - SP - 01332-000

Unidade Tatuapé

Av. Celso Garcia 3884 cj 12

São Paulo - SP - 03064-000

Central de
Atendimento

11 3253-3034/3266-4652 (Itapeva)

11 2295-3970/2294-1897 (Tatuapé)

  • Whatsapp
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • email

Se preferir preencha o formulário abaixo e em breve entraremos em contato

© 2019 por Dr. Jorge Kalil. Desenvolvimento Obla Digital