vascular-news.png

Vascular News

Erisipela: infecção que acomete os vasos linfáticos

A erisipela é uma infecção cutânea e do tecido celular subcutâneo causada por uma bactéria que também acomete os vasos linfáticos, chamada Estreptococo B hemolítico do grupo A de Lancefield.


Essa bactéria entra na perna por um ferimento como micose interdigital (as famosas frieiras) ou as rachaduras de calcanhar, mas qualquer ferimento poderá iniciar o processo. São mais frequentes nas pernas inchadas, em pés diabéticos, obesos e idosos.


O tratamento é feito por meio de antibióticos. A primeira escolha é a penicilina. Importantíssimo fechar a porta de entrada.


Quais são as complicações da erisipela?

A sequela mais comum é o linfedema, que é o edema persistente e duro, localizado principalmente na perna e no tornozelo, resultante dos surtos repetidos de erisipela.


Além disso, uma erisipela pode evoluir e tornar-se uma celulite, infecção na camada mais profunda da pele.